terça-feira, 7 de outubro de 2008

Autoramas e Montage

Mesmo de um mês depois, os Autoramas estão de volta a Belém. Hoje, segundo programação da Secult, eles se apresentam no Pier das 11 Janelas. No dia 25, a dupla cearense Montage, que arrebentou na terceira edição do Se Rasgum, também volta a Belém para a ressaca do festival. Foram os dois meninos mesmo que anunciaram ontem a novidade em um programa da MTV. Além disso, a Se Rasgum já prepara o Grito Rock do ano que vem, provalmente com a participação de André Abujamra e alguns de seus projetos paralelos.

5 comentários:

Tania disse...

esses dias comecei a comentar o post anterior e perdi tudinho...

Agora tô meio cansada pra comentar, mas volto outra hora, dias corridos!

Aliás não compreendo a falta de estrutura em Belém para as urnas funcionarem, eu acho um bom sistema no geral.

Nicolau Amador disse...

Pois é, só em Belém, né?! foi a última capital a finalizar a contagem de votos. o TRE disse que havia muitas urnas antigas e houve incompatibilidade com os softwares. 30% das urnas tiveram problemas. nem todas precisaram ser trocadas, às vezes, como na minha seção, os problemas eram resolvidos logo. eu entrevistei várias pessoas, percorri várias seções. algumas esperavam mais de duas horas ate o problema ser resolvido. muita gente não teve paciencia. não podemos creditar somente a isso a derrota do Mário Cardoso, mas também não creio que tenha sido pelo crescimento do Jordy, como disse uma fonte ao colega Juvencio do Quinta Emenda, que Jordy tirou muito mais votos da candidata tucana, que não convenceu ninguém durante os debates.

Nicolau Amador disse...

o índice de ausencia nas urnas esse ano em Belém foi de quase 20%, quase o mesmo número de votos que levou Priante ao segundo turno.

Tânia disse...

Nossa, 20% é? Muito mesmo.

Não sei se foi só em Belém, mas confesso que me espantei na segunda, já mais de oito da manhã e anunciaram que havia terminado aquela hora a apuração aí. Manaus terminou cedo, Macapá também, não é um problema "amazônico", é um problema belenense então. Não dá pra entender a falta de infra!

Mas será que esses eleitores deixaram de votar por causa das urnas ou por causa dos candidatos?

Eu tive que fazer uma força enorme para votar na Maria do Rosário aqui. Pela primeira vez na minha vida votei sem nenhuma convicção, voto útil, para não ver a Manuela Dávila (PCdoB não me atravessa a goela!) no segundo turno com o Fogaça. Aí sim, anularia meu voto.

É a velhice e o desencanto chegando!

Beijos

Nicolau Amador disse...

Então, mana, acredito que o povo tem dado importnates respostas aos politicos nas urnas. Mas algo deve mudar mesmo com uma democracia mais participativa do que representativa. E acredito que caminhamos para isso.
No Jornal Pessoal que avalia a eleição, Lúcio destaca a possibilidade ("fantasma")de uma fraude, ainda no legado dos tempos de políticas de coronéis, em que nosso estado sempre foi campeão. Não percas as esperanças.
Bjos.

P>S - O JP eletronico traz, aos poucos, à rede o arquivo completo do jornal, digitalizado. Mas as tres ultimas edições mais recentes você só pode ler na edição impressa. Foi um jeito que o Lúcio achou para o jornal, que sobrevive somente da venda em bancas, se mantesse.